Comunidade SMXP

5 tendências de Facebook Ads para 2022

facebook ads

Confira as principais tendências para 2022 e como elas podem impactar na sua estratégia digital

Um dos maiores desafios de quem trabalha com anúncios para o Facebook Ads, Google ou qualquer outra mídia social, é saber quanto cobrar pela gestão de tráfego. Afinal, é sempre muito difícil cobrar por algo tão “intangível” quanto o nosso esforço.

Aqui temos dois problemas: se o preço for baixo demais, estaremos desvalorizando o nosso trabalho, o que compromete o crescimento profissional e as contas no final do mês acabam não fechando. Por outro lado, se o seu preço for muito alto, é mais difícil fechar uma nova conta, principalmente por conta da concorrência que está cada vez mais acirrada - sempre existirá o sobrinho do vizinho que cobra menos.

 

1. Sem dados, sem performance

Com tudo que aconteceu relacionado à atualização do iOs 14 e o impacto que isso causou na forma como o Facebook rastreia as informações dos usuários, a plataforma vem se esforçando para tornar algumas de suas funcionalidades mais fáceis e eficazes de usar. Para o nosso alívio, essa tendência continua!

Em 2022, poderemos contar com uma API de conversão mais estável e aprimorada. E isso é bem importante porque, como nós sabemos, precisamos de dados para criar uma estratégia eficaz, caso contrário, estaremos desperdiçando o orçamento disponível com pessoas que não estão interessadas na mensagem.

O problema é que quando falamos em dados, big data, first data party, etc., a maioria dos profissionais imagina algo extremamente complexo, que provém de um dashboard super elaborado. Mas a resposta é mais simples do que você pensa. O próprio CRM do cliente é uma excelente fonte desses dados.

 

2. E por falar em dados, conheça o Zero-Party Data

Com a maioria dos usuários optando por bloquear o rastreamento de dados no iOS, os gestores de tráfego precisam de novas fontes de dados para potencializar suas campanhas e substituir os dados que eles “pegam emprestado” dos cookies.

E é aí que entra o Zero-Party Data.

Ao contrário dos dados de terceiros, que são coletados por meio de cookies e técnicas de rastreamento, os “dados zero” são coletados diretamente dos clientes, através de:

  • Questionários no site ou e-commerce;
  • Pesquisas no Google Forms;
  • Campanhas e promoções digitais;
  • Programas de fidelidade;
  • Entre outros.

Na prática, é como se você dissesse ao vendedor da loja o que ele precisa saber para ajudá-lo a encontrar os presentes certos para a sua família - tamanho, estilo, gênero, orçamento, gostos, hábitos, etc. São essas micro-experiências que ajudam a personalizar o anúncio.

O fato é que essa tendência será cada vez mais forte, principalmente porque os consumidores estão buscando constantemente por experiências personalizadas. Assim, o zero-party data permite que você trate cada cliente como um indivíduo e construa relacionamentos reais (é sobre isso, sabe).

 

3. Visão completa do Funil de Vendas

Uma estratégia de marketing de funil completo envolve a adaptação de cada mensagem e criativo à fase específica de compra em que o cliente se encontra. Em vez de focar apenas nas vendas, ele considera toda a jornada e tenta melhorar o relacionamento com os usuários e construir melhores experiências de marca.

Para ter uma visão completa do funil, é preciso fazer o seu mapeamento - que nada mais é do que representar visualmente o fluxo do funil de vendas antes que ele se desenvolva. Essa representação fornecerá informações completas sobre o processo de vendas, como estágios no funil, páginas de destino e origens de tráfego.

E por que isso é tendência?

Não é segredo pra ninguém que a pandemia causou um boom digital. A concorrência está extremamente acirrada nas redes sociais, tanto para as marcas quanto para os gestores de tráfego. Com essa quantidade absurda de conteúdo sendo lançado, muitas vezes sem critério nenhum, o Facebook passou a considerar a experiência do usuário como um dos fatores principais de análise para a entrega dos anúncios.

Tendo essa visão completa do funil de vendas, você poderá personalizar a sua estratégia para conseguir um melhor resultado e diminuir o custo de aquisição, entregando conteúdo de qualidade para as pessoas certas.

 

4. Provar o resultado

Essa já é uma prática básica de quem está no nível avançado dos anúncios. Provar ao cliente que o resultado que ele conquistou foi decorrente da estratégia aplicada no Facebook Ads é importantíssimo para o crescimento da parceria. Só assim o cliente terá confiança em investir ainda mais na ferramenta e, consequentemente, em você.

Mas por que isso é “tendência”?

A diferença é que em certas situações, ficou um pouco mais difícil provar que o resultado partiu de alguma campanha específica (obrigado por isso, iOs 14). Portanto, quem depende exclusivamente do gerenciador de anúncios para reportar os números, deverá considerar um atribuição expandida com mapeamento externo.

Em uma live que fiz recentemente, eu expliquei melhor sobre essa e outras tendências para 2022. No final do vídeo, também respondi algumas perguntas bem bacanas dos participantes - e como já diziam todos os professores em sala de aula, a dúvida de um pode ser a dúvida de todos. Confira no vídeo abaixo:

5. Não perca as atualizações do Facebook

O Facebook está sempre trazendo alguma mudança para melhorar o desempenho da ferramenta e dos anúncios. Frequentemente você precisa se atualizar sobre as últimas novidades, já que sempre vai existir alguma funcionalidade nova, mudança no layout ou atualização no algoritmo.

Normalmente falamos sobre ficar atualizado para conseguir testar novos recursos e implementar na estratégia, a diferença do discurso hoje, é que essas atualizações trarão um impacto direto nos resultados.

Algumas mudanças recentes que você deve ficar de olho, falam sobre o tempo de análise das campanhas que ficou ligeiramente maior e a API de Atribuição do Facebook que será descontinuada.

A tendência é que venham ainda mais atualizações grandiosas na plataforma, que influenciam diretamente no sucesso da sua estratégia digital, não apenas na configuração da campanha. Entende como pode ser problemático não ficar atento?

Dica: para não perder nenhuma novidade da plataforma, acompanhe os conteúdos no Instagram e YouTube. <3

Quer dicas diárias de Estratégia Digital? Siga no Instagram

Seguir no Instagram

Receba ferramentas e insights via email

Faça parte da minha newsletter gratuita e receba dicas exclusivas, meus cursos e insights.

Eu também oideio SPAM e o seu email nunca será repassado para terceiros.